plo Crianças inquietas ou hiperativas? para crianças
Muitas pessoas apresentam dúvidas em relação a seguinte questão: qual a diferença entre a agitação natural das crianças e o transtorno de déficit de atenção?

Sintomas de desatenção e hiperatividade podem ser considerados normais em crianças que acabaram de passar situações de estresse emocional ou conflitos familiares. Nesses casos, em geral as manifestações são passageiras. O que os diferencia do transtorno de déficit de atenção é a duração do problema.
Assim, deve-se ficar atento e verificar se a inquietude é insistente mais de cinco ou seis meses. Isso pode ser sinal de que a desatenção é provocada não por questões pontuais, mas por distúrbios mais profundos.

Principais Sintomas
Desatenção
* Dificuldade em prestar atenção a detalhes ou errar por descuido em atividades escolares e profissionais;
* Dificuldade em manter a atenção em tarefas ou atividades lúdicas;
* Parecer não escutar quando lhe dirigem a palavra;
* Não seguir instruções e não terminar tarefas escolares, domésticas ou deveres profissionais;
* Dificuldade em organizar tarefas e atividades;
* Evitar, ou relutar, em envolver-se em tarefas que exijam esforço mental constante;
* Perder coisas necessárias para tarefas ou atividades;
* Ser facilmente distraído por estímulos alheios à tarefa;
* Apresentar esquecimentos em atividades diárias.
Hiperatividade
* Agitar as mãos, os pés ou se mexer na cadeira;
* Abandonar a cadeira em sala de aula ou em outras situações nas quais se espera que permaneça sentado;
* Correr ou escalar em demasia em situações nas quais isto e inapropriado;
* Dificuldade de brincar ou envolver-se silenciosamente em atividades de lazer;
* Estar freqüentemente “a mil” ou muitas vezes agir como se estivesse “a todo vapor”;
* Falar em demasia.
Impulsividade
* Freqüentemente dar respostas precipitadas antes das perguntas terem sido concluídas;
* Apresentar constante dificuldade em esperar sua vez;
* Freqüentemente interromper ou se meter em assuntos de outros

O comportamento hiperativo interfere na vida familiar, escolar e social da criança. As crianças hiperativas têm dificuldade em prestar atenção e aprender. Como são incapazes de filtrar estímulos, são facilmente distraídas. Essas crianças podem falar muito, alto demais e em momentos inoportunos. As crianças hiperativas estão sempre em movimento, sempre fazendo algo e são incapazes de ficar quietas. São impulsivas. Não param para olhar ou ouvir. Devido à sua energia, curiosidade e necessidade de explorar surpreendentes e aparentemente infinitas, são propensas a se machucar e a quebrar e danificar coisas. As crianças hiperativas toleram pouco as frustrações. Elas discutem com os pais, professores, adultos e amigos. Fazem birras e seu humor flutua rapidamente. Essas crianças também tendem a ser muito agarradas às pessoas. Precisam de muita atenção e tranqüilização. É importante para os pais perceberem que as crianças hiperativas entenderam as regras, instruções e expectativas sociais. O problema é que elas têm dificuldade em obedecê-las. Esses comportamentos são acidentais e não propositais.
oli Crianças inquietas ou hiperativas? para crianças
Dicas:
Se a escola levantou um problema, ele deve ser levado para um profissional competente que irá orientar a família no melhor caminho a seguir. O primeiro passo, em casos assim, é fazer um diagnóstico cuidadoso, onde se verificará o comportamento da criança em várias situações. Sempre considerando as várias possibilidades do que pode estar ocorrendo com ela.
Se ela apresentar Transtorno Déficit atenção e hiperatividade é muito importante, se for o caso, que ela use a medicação com a prescrição e o acompanhamento de um médico.
Caso não tenha o transtorno, outras questões podem surgir de modo a permitir entender o quadro e ajudar a criança do melhor modo possível. O importante é que ela seja ajudada em suas reais dificuldades. Só assim ela se sentirá compreendida. O que já será de grande ajuda.
Experimente atribuir uma tarefa pequena e rápida e insista delicadamente para que seja concluída. Em seguida, não deixe de agradecer e elogiar seu filho quando a tarefa tiver sido concluída.
Faça com que a criança participe de projetos que ela goste para ajudá-la a concentrar-se. Aprender a concentrar-se alterará sua resposta ao mundo, gradativamente. Lembre-se sempre de que, além de ter um desequilíbrio do sistema nervoso que transforma em tortura o simples ato de permanecer sentado, a criança hiperativa e inteligente entedia-se facilmente. Coopere com seu filho para ajudá-lo a realmente concluir um projeto. Concluir um projeto oferecerá uma idéia de competência e maior auto-estima. O domínio e conclusão de uma tarefa requer elogio.

Fonte :
Crianças inquietas ou hiperativas?

Pesquisa personalizada

Atividades de educaçao infantil