aluno agressivo Limites para crianças
A maior dificuldade dos pais atualmente é saber colocar limites para os filhos. A criança bem pequena, de 0 a 2 anos e meio, não tem noção de perigo, não tem controle dos impulsos, quer tudo na hora e da forma que quer. Então cabe aos pais colocar os limites para ela. Dependendo da idade da criança, você tem de falar Você vai fazer isso porque eu sei que é bom. A partir do momento que a criança vai e o adulto mostra segurança, ela se adapta muito bem à situação.

-Pode morder e arrancar os cabelos do amiguinho só porque ele pegou seu brinquedo favorito? Não, é claro.

-Pode dar vontade de entupir o vaso sanitário da escola com papel higiênico? Não, não pode.

-Pode dar vontade de jogar uma mesa do segundo andar de um prédio, só para ver o que acontece com o chão, lá embaixo? Não, não pode.

-Pode dar vontade de pichar as paredes branquinhas do prédio novo lá da praça? Não, não pode não.

-Pode dar vontade de dirigir, depois de beber duas doses de uísque? Não, não pode.

-Pode dar vontade de correr como o vento na nova bicicleta de vinte marchas e nem ao menos reduzir um pouco, ao vislumbrar uma velhinha atravessando a pista? Não, mas acontece… e a cada dia mais…

-Pode dar vontade de pegar aquela bolsa lindinha e nova que a amiga comprou e levar para você? Também não pode não.

-Pode fingir que não percebeu que a conta do restaurante veio totalizada a menos e não falar nada? Não, não e não!

-Pode dar uma facada na namorada que o deixou por outro? Jamais! Porém acontece!

-Pode dar vontade de jogar álcool no mendigo e atear fogo, só de brincadeirinha? Não, não pode.

Mas só vai responder “não, não pode não” quem desde pequenino tiver aprendido que muitas coisas podem, e muitas outras não podem e não devem ser feitas, mesmo que dêem muita vontade ou prazer. E tudo bem.

Somos felizes assim, respeitando e tendo algumas regras básicas na vida. Especialmente se aprendemos a amar o outro e não apenas a nós próprios.

E, nós, os pais, queremos muito ver nossos filhos crescendo no rumo da felicidade, não queremos? Então temos de ajudá-los nisso. Porque ninguém, ao vir ao mundo, sabe o que é certo e o que é errado. O ser humano, ao nascer, não tem ainda uma ética definida. E somos nós, especialmente nós, os pais, que temos esta tarefa fundamental e espetacular – passar para as novas gerações esses conceitos tão importantes e que conferem ao homem sua humanidade.

DICAS IMPORTANTES
-Crie uma relação de amizade e confiança com ele.
-Estabeleça claramente os limites.
-Incentive manifestações de afeto, segurança, senso de responsabilidade e de cooperação.
-Nunca grite, brigue ou discrimine
-Conte histórias sobre amizade, amor e relações tranqüilas.
-Converse com o seu filho sobre o que é certo e o que é errado e combine regras de boa convivência.
-Jamais incentive crianças a responder a atos agressivos com violência.
-Recompense as boas condutas.(elogie,beijos,abraços,um pirulito,um bombom,ou uma figurinha,ou um passeio.

Fonte :
Limites

Pesquisa personalizada

Atividades de educaçao infantil